Com o advento da tecnologia sabemos que a internet nem sempre foi como conhecemos hoje. Atualmente contratamos planos de provedoras que oferecem pacotes de alta velocidade e excelente desempenho. Todo mundo sabe que ninguém fica sem internet hoje em dia, seja pra baixar um filme, fazer um trabalho da faculdade ou até mesmo trabalhar: Ela é mesmo imprescindível na vida das pessoas. Mas você sabe como era a navegabilidade antes da banda larga? Ainda existe internet discada? Como ela funcionava? Vamos te responder a essas perguntas.

O que é internet discada?

Logo no início da eclosão da internet, a única forma de se ter conexão era por meio da internet discada, somente assim o usuário podia se conectar à rede. A navegabilidade era extremamente instável e lenta. Só para se ter uma noção, os internautas não conseguiam usar a linha telefônica e seu computador ao mesmo tempo. Ela surgiu nos anos 110 e para se conectar era preciso ouvir um barulho bem chato.

Preço

Tal conexão funcionava junto a uma linha telefônica por meio de um provedor pago. É exatamente aí que morava o problema principal. Se ela só funcionava por meio do telefone, enquanto a linha permanecia ocupada, a conexão não funcionava. Além disso, a velocidade era extremamente baixa em relação ao valor pago (considerado alto). Uma conexão a cada 3 minutos correspondia o valor de uma ligação telefônica.

Imagina só que bucha! O custo x benefício era quase zero. Se a conexão já era péssima e lenta, com três minutos você não conseguiria fazer nada! Quando mais você usava, mais você tinha que pagar, fato que acabava encarecendo muito o serviço. Por este motivo, poucas pessoas possuíam acesso à internet, visto que a conta ao final do mês vinha bem salgada. Ao passar dos anos isso foi sendo deixado para trás, e outras formas de conexão vieram para melhorar a vida dos brasileiros.

Velocidade

À época existiam alguns métodos para aumentar a velocidade da conexão. Tais alternativas só estavam disponíveis por meio da compressão de dados ou através de uma linha telefônica.

A velocidade máxima que a internet alcançava era de 56kbits por segundo, dado extremamente baixo comparado às velocidades disponíveis hoje que chegam a 200MB. Até 2014 a internet que predominava nas residências brasileiras ainda era a discada. Entretanto isso foi sendo modificado graças ao surgimento da internet banda larga.

Sobre a banda larga

Mas você deve se perguntar, como funciona a banda larga? Como ela começou a fazer parte da vida dos brasileiros de maneira tão rápida?

Ter internet em casa nos dias de hoje é uma questão de necessidade. A infraestrutura da conexão no Brasil ainda está longe de ser a ideal, mas os anos foram benéficos para a evolução da navegabilidade dos usuários.

A banda larga utiliza da famosa tecnologia ADSL, abreviação do termo: Linha Digital Assimétrica para Assinante. Mas o que isso significa? Entenda: esse tipo de conexão permite que os dados sejam transferidos em alta velocidade por meio das linhas telefônicas comuns. Caiu no gosto popular de uns quatro anos para cá e atualmente é o tipo de internet mais utilizado no Brasil.

Mas a internet discada ainda existe?

Por incrível que pareça sim. Há algumas regiões no Brasil onde o serviço de internet banda larga ainda não chegou. É o caso das zonas rurais, por exemplo, ou locais onde a conexão é muito cara. A operadora Vivo é a única empresa que ainda oferece esse tipo de serviço. Se você deseja contratá-lo, basta entrar em contato com a central de atendimento da provedora.

Além da internet discada e da banda larga há ainda mais duas ao opções: a fibra óptica e a internet via rádio, ambas também são ótimas alternativas para quem busca uma conexão mais rápida e estável, sem o risco de lentidão e travamentos na hora de fazer um download ou upload.

Agora você já sabe como funcionava a internet antes do surgimento da banda larga. A tecnologia deste setor no Brasil precisa melhorar muito, mas com os avanços percebemos melhorias significativas no cotidiano da população.